Retinal, o que é? Retinol, retinal, retinóides... são a mesma coisa? Alguém me explica?


Já ouviste falar de retinol? E de retinal? Ou são desconhecidos para ti? O teu objetivo é conseguir uma pele firme e uniforme? Queres reduzir rugas e marcas de acne, mas não consegues?...

Se te fazes alguma destas perguntas (ou todas haha), estás no lugar certo! Vamos responder a todas elas e ajudar-te a descobrir mais sobre o ativo mais potente da atualidade, para que a tua pele fique saudável, suave, uniforme, firme e renovada... Não, não ficámos loucos, a biotecnologia tornou-o possível! A chave para isso é este potente Ativo. Spoiler! Com A de Avanço... Continua a ler e descobre tudo.

Vamos falar sobre a vitamina A e os retinóides, em particular sobre o retinol e o retinal. Não são a mesma coisa?... Lamentamos dizer que não, eles são diferentes. Vamos esclarecer.

Primeiro... O que são os retinóides?

Os retinóides são as diferentes formas de vitamina A pelas quais esta passa no seu processo de síntese com o objetivo de conseguir fazer efeito na nossa pele!

Ou seja, a vitamina A para gerar efeito na nossa pele tem que se transformar. Ingerimo-la através da alimentação e, através da circulação sanguínea acaba por chegar à nossa pele, primeiro na forma de retinol, depois como retinaldeído (também conhecido como retinal) e, finalmente, como ácido retinoico, a forma ativa da vitamina A.

Estás a perguntar-te “Afinal, o que é que faz a Vitamina A na nossa pele? E porque é que precisamos dela?””

O que traz a vitamina A ànossa pele?

Como dizíamos, a vitamina A atua na nossa pele "na forma" de ácido retinóico e o que consegue é:

  • Acelera a renovação celular. Ou seja, promove uma pele mais suave, uniforme e menos áspera.
  • Reforça a barreira cutânea, protegendo a perda de água e o impacto de agentes externos. Além disso, estimula a síntese de involucrina e filagrina, uas proteínas essenciais para a formação e boa função da barreira cutânea.
  • Estimula a produção de colágeno, o que se traduz numa redução de rugas, linhas de expressão e marcas.

Agora sim, vamos falar sobre as diferenças entre retinol e retinal e sobre os seus benefícios para a nossa pele.

Retinal vs retinol. Semelhanças e diferenças entre retinol e retinal

Como já dissemos, ambos são retinóides (ou seja, pertencem à mesma família), por isso partilham algumas características. Mas, apesar disso, possuem também muitas diferenças que vamos detalhar abaixo. 

Pontos em comum entre retinol e retinal 

  • São formas de vitamina A (retinoides)
  • Melhoram a textura e o tom da pele
  • Reduzem rugas e marcas
  • Conseguem uma pele mais firme e uniforme

Diferenças entre retinol e retinal 

  • Potência: o retinal está a apenas um passo de se converter em ácido retinóico (forma ativa da vitamina A), por isso é 11 vezes mais efetivo do que o retinol.
  • Tolerância: o retinal tem melhor tolerância cutânea,ou seja, este é mais compatível com a pele e está, por isso, recomendado para todos os tipos de pele. Poderíamos dizer que é o retinoide das peles sensíveis, inclusive para peles com rosácea.
  • Ação antibacteriana: esta característica é única do retinal, o que o torna num super aliado  para peles oleosas ou com tendência acneica

Porque é que estamos a dizer isto tudo? Explicamos-te de forma mais simples na imagem. Pensa numa corrida onde o objetivo é uma pele firme e uniformemas antes de chegar ao objetivo, é necessário passar por diferentes "provas". Como podes ver , o retinal tem vantagem sobre o retinol, ou seja,  podemos dizer este que está "mais preparado" e encontra-se um passo à frente do retinol e, por isso, conseguirá chegar   ao "objetivo" antes. 

A ciência por trás do Retinol - Retinal → Ácido Retinoico

A Vitamina A em suas diferentes formas moleculares tem um papel essencial no funcionamento do organismo, especificamente para os ossos, visão, sistema imunológico e pele. A principal via de incorporação da Vitamina A é através da alimentação. Esta via garante sua integração efetiva nos tecidos e sistemas do organismo e, por isso, seu consumo é muito benéfico.

No entanto, suas formas e seu papel na aplicação tópica devem ser considerados para oferecer a melhor eficácia e tolerância cutânea para a pele das pessoas. O ácido retinoico aplicado de forma tópica causa irritação na pele, um estudo de longo prazo mostrou que 44% dos voluntários desenvolveram eritema, 35% descamação e 29% queimação ou prurido, e, portanto, é uma forma que só é utilizada sob prescrição médica. Tanto o Retinol quanto o Retinal têm uma tolerância cutânea muito maior, sendo o Retinal o de maior tolerância e menor perfil de risco em todos os tipos de pele porque é necessária uma concentração muito menor de Retinal para gerar o mesmo resultado.

A grande questão para priorizar o uso do Retinal na pele, é que não requer moléculas de NAD+ para se metabolizar na forma ativa de ácido retinoico, sendo um precursor mais próximo da molécula ativa. O Retinol requer dois passos para gerar a molécula ativa na pele, o Retinal apenas um, a oxidação (este passo não consome recursos do organismo). Este passo de Retinol para Retinal na pele, requer uma molécula essencial chamada NAD+.

Você sabia que o NAD+ é uma molécula essencial para o metabolismo energético e que sua preservação a longo prazo promove a longevidade?

Isso, por um lado, faz com que a aplicação de Retinol seja muito menos eficaz do que a do Retinal (Até 10 vezes menos eficaz), porque gera um "trabalho" para a pele sintetizar a molécula ativa e, portanto, à medida que envelhecemos, a conversão de Retinol para Retinal piora, reduzindo a eficácia do retinol com a idade. Com 50 anos nosso corpo tem 50% menos de Nad+ do que aos 20.

Consumir moléculas de Nad+ neste processo é um "gasto" desnecessário para a pele. O Retinol não é um ingrediente cosmético perigoso, sua aplicação é segura. Mas quando falamos de resultados e de riscos associados, não é a solução mais ótima para a pele. O Retinal é a forma mais estável (o Retinol degrada-se mais rapidamente uma vez aberto o produto), de maior tolerância cutânea (porque não necessita de uma concentração tão alta para gerar o mesmo resultado clínico) e que utiliza menos recursos do organismo para poder ser empregado pela pele e assim aproveitar os magníficos benefícios cutâneos desta maravilhosa Vitamina.

Na Freshly, preocupamo-nos em realizar este estudo e garantir que as fórmulas que criamos tenham a máxima segurança e eficácia. Não queremos gerar medo, nem desacreditar nenhum produto ou fórmula do mercado, apenas colocamos à frente os interesses da pele das pessoas que acreditam em nós. Miquel Antolín co-fundador da Freshly

O que é o retinal. Tudo o que precisas de saber sobre o retinal

O retinal é o retinoide mais potente e, ao mesmo tempo, mais respeitoso com a pele, para reduzir rugas e marcas de acne. Este ajuda-te a conseguir  uma pele renovada, firme, suave e uniforme. No entanto, o retinol tornou-se conhecido primeiro... porquê?

O retinal faz parte da história da cosmética e da dermatologia há anos, mas tinha um handicap... Não se podia utilizar os seus benefícios porque era extremamente difícil de estabilizar e, por isso,  não podia ser formulado de forma segura.

Isto HOJE mudou... A biotecnologia tornou-o possível! The science we love

E... porque não usar diretamente o ácido retinóico?

Esta forma ativa da vitamina A, o ácido retinoico, continua a ser um ativo difícil de  estabilizar e pode ser agressivo para a pele. Por essa razão, não é comercializado no mundo cosmético (pelo menos, por enquanto...)

E o bakuchiol? Não é a alternativa ao retinol? E ao retinal?

Sim, e continua a ser. No entanto, a ciência, ou melhor, a biotecnologia, avançou muito nesse aspeto e oferece-nos  mais alternativas potentes e respeitosas com a nossa pele. A principal diferença é que o bakuchiol não é um retinóide, enquanto que o retinol e o retinal são, ou seja,estes dois últimos são fotossensíveis e, por isso, requerem um compromisso maior por parte de quem os utiliza… mas vale a pena! Abaixo explicamos-te melhor as diferenças entre o bakuchiol e o retinal:

Bakuchiol (uso de dia e noite)

- Alternativa natural aos retinoides

- Não é fotossensível

- Aporta firmeza

- Reduz rugas

- Apto em gravidez e lactação

Retinal (uso exclusivo de noite)

- Retinoide de obtenção biotecnológica

- É fotossensível

- Aporta firmeza e tom uniforme

- Reduz rugas e marcas de acne

- Não apto em gravidez e lactação

Podes combinar os dois! Se utilizares o bakuchiol na tua rotina de manhã e o retinal na tua rotina de noite, potencias os resultados. É um extra!

Posso combinar o retinal com...?

As pessoas que usam ou conhecem o retinol sabem que é um ativo que não pode ser combinado com certos ingredientes como ácidos AHA e BHA e que se deve ter certos aspetos em conta se na tua rotina incluis o ácido azelaico, a niacinamida ou a vitamina C.

Sendo assim, o retinal (sendo também um retinoide) também tem algumas características de devem ser tidas em conta no momento de combinar este potente ativo com outros na tua rotina. Requer compromisso... mas vale a pena!

Retinal com estes ativos SIM...

  • Vitamina C
  • Niacinamida
  • Ácido azelaico

** Aplica-os pela manhã e o Retinal à noite.

Retinal com estes ativos NÃO...

  • Ácidos AHA e BHA

** Podes usá-los em dias alternados

Já respondemos a todas as perguntas que colocámos no início. Esperamos que este guia tenha sido útil e que te tenha ajudado a entender muito melhor estes ativos e quais deles são indicados para a tua pele. The science we love. Mas há mais…

Retinal 100% natural. Mais potente, mais efetivo e mais respeitoso

Se agora, sim, já tens claro que a tua pele precisa de retinal, tens de conhecer este produto.

O Bioretinal Night Serum não é apenas um sérum de retinal. 100% natural e obtido biotecnologicamente, a sua fórmula está enriquecida com vários tipos de ácidos hialurónicos veganos, de alto e baixo peso molecular para atuar na epiderme e chegar também às camadas mais profundas da pele. Um match perfeito para conseguires uma pele mais nutrida, firme e uniforme, com menos rugas e marcas de acne. É exatamente o que procuravas certo?

A Freshly quer dizer-te algo! Na Freshly continuamos a aprender todos os dias para tomar decisões que nos aproximem de um futuro melhor. Às vezes somos rotulados como sonhadores, mas o que realmente temos é uma visão otimista e um caminho claro para chegar a esse amanhã.
Contamos com a tua companhia nesta viagem? Se estás aqui é porque és exigente no momento de cuidar do teu corpo e do planeta. Ao subscreveres a newsletter vais receber artigos como este para continuares a aprender, para além de ficares a par de novidades e descontos exclusivos. Estás preparado?

O que você achou? Vamos adorar ler você!