Porque é que o Retinol não é a melhor solução anti-aging?


Neste artigo, vamos explicar-vos detalhadamente porque é que não recomendamos o Retinol para uso cosmético, e mostrar-vos que existem outros ativos, que realizam as mesmas funções sem os riscos associados. No título do artigo incluímos a palavra anti-aging, para que a maioria das pessoas possa entender o foco do artigo. A nossa aproximação ao anti-aging é através do que chamamos Well-ageing, conceito cunhado como mais adequado para transmitir que não tem sentido ir contra o envelhecimento, mas sim focarmo-nos em compreendê-lo e melhorá-lo para envelhecer melhor, retardar os seus efeitos através da nutrição (alimentação, suplementação e cosmética), e hábitos de vida. Na verdade existe um termo para descrever a ciência focada em melhorar o envelhecimento que se chama biogerontologia (ciência do envelhecimento biológico). 

A informação proporcionada neste artigo sobre o Retinol, foi extraída de estudos científicos publicados, e que representam informação pública disponível. 

Na Freshly vemos a cosmética como uma ferramenta para equilibrar o funcionamento da pele, aportando aqueles nutrientes que a pele requer para funcionar melhor. A pele é o maior órgão do organismo e o segundo que apresenta uma replicação celular de maior velocidade, seguido das células da medula óssea (glóbulos vermelhos, brancos…). O motivo desta elevada replicação,  é que a pele está exposta a diversas agressões externas, e é por isso que requer um processo de renovação de cerca de 28 dias. Porque é que isto é relevante? Porque a pele ao renovar-se a essa velocidade, serve-nos como indicador para sabermos como está a nossa saúde interior. Tudo no nosso corpo está em completa homeostasis, e foi demonstrado cientificamente, que todas as células do nosso corpo estão numa procura constante de equilíbrio. Quando este equilíbrio se desajusta, devido aos nossos hábitos de vida, é quando começamos a adoecer e a pele pode resultar num grande indicador, para detetar problemas subjacentes no nosso  organismo. 

A pele tem uma capacidade de absorção maior do que nos têm feito acreditar. Tudo aquilo que colocamos na nossa pele, tem incidência e implicação no nosso organismo, pois na realidade penetra até à corrente sanguínea, o que se chama absorção percutânea. Todas as moléculas com um tamanho inferior a 600 daltons, têm uma certa capacidade de difusão na pele pela corrente sanguínea ou seja, não há uma regra de “cerca de 50% do que colocas na tua pele é absorvido”, existem ingredientes que será cerca de 0,5% e outros que será aproximadamente 60%, contudo como conceito devemos ter em conta que a pele é como uma segunda boca, e que aquilo que lhe damos de uma forma ou de outra, vai acabar por impactar no organismo. Um claro exemplo que todos conhecemos são os analgésicos tópicos ou os adesivos de nicotina, que como  sabemos penetram através da pele e chegam à corrente sanguínea. 

Agora que o cenário está montado, e o contexto já apresentado, entramos diretamente no palco e…luzes, ação! Aqui está o Retinol. Levantem o pano! 

O que é o Retinol?

O retinol é uma forma derivada, das diversas formas da Vitamina A, a que normalmente chamamos de retinóides. O ácido retinoico é a forma mais pura, contudo mais instável, e é por esta razão que na cosmética se utiliza o Retinol ou as suas formas esterificadas como o Retinyl Palmitate ou Retinil Acetate, um éster de ácido retinoico e do ácido palmítico. A vitamina A tem múltiplas funções: É importante para o crescimento e desenvolvimento, tem um papel primordial na manutenção do sistema imunitário e para uma boa visão. Na pele regula muitos processos e aporta diferentes benefícios como: 

• Anti-rugas: O que é mais eficaz contra o efeito mais visível do envelhecimento, as temidas rugas, são os retinóides. É frequente encontrá-lo em forma de gel ou sérum.

• Firmeza: O ácido retinoico (forma ativa do retinol na pele), regula a queratogénese e isto é necessário para manter a pele sempre suave, fresca e húmida. O déficit de vitamina A, pode resultar em pele seca, pruriginosa/pruriente ou em cabelo seco. A nível sistémico, pode produzir qualquer dos seguintes sintomas: cegueira noturna, olhos inflamados, secos e menor resistência às infecções.

• Pigmentação: A vitamina A é o elemento que provavelmente mais contribui para manter a pele saudável e ajudar no bronzeado natural, já que favorece o desenvolvimento de pigmentos na pele.

• Antiacneico: Regula a secreção de sebo e ao regular o crescimento celular, evita que as células cresçam excessivamente rápido, o que é uma das causas do acné.

• Antioxidante: Os betacarotenos têm atividade antioxidante, quer dizer, protegem o organismo contra a doença e o envelhecimento, impedindo a ação dos chamados radicais livres, que são compostos que lesionam as células cutâneas. Podem ser incluídos em alguns tratamentos  de forma concentrada.

• Cicatrização: A vitamina A favorece a cicatrização e a suavidade da nossa pele, regulando o metabolismo da regeneração celular da camada córnea.

Absorção Percutânea do Retinol: A evidência científica que podemos encontrar, é que o retinol tem uma absorção percutânea relevante. Nos estudos realizados foi encontrada uma absorção de 6% após 24h e de 13% após 72h. Além disso, é também relevante e importante destacar, que o retinol tópico aplicado permanece na pele cerca de 23% durante 24h e esta concentração é reduzida para 18% às 72h. Isto significa que a aplicação cutânea de retinol, pode levar a uma absorção sistémica. Mais à frente vamos ver porque é que é  importante tanto a quantidade que chega ao organismo como a quantidade que permanece na pele após 24h. 

Retinol efectos secundarios

Ainda que se trate de um ingrediente com múltiplos benefícios para o organismo, o seu uso cosmético, não está isento de contraindicações e riscos, demonstrados para a saúde da nossa pele e do nosso organismo. A Vitamina A, é uma molécula essencial para o organismo e que regula múltiplas reações químicas essenciais, no entanto a melhor forma de obtenção da mesma é através da alimentação e/ou suplementação, no caso de apresentar défice da mesma, mediante controlo médico. Em nenhum momento queremos desprestigiar a Vitamina A, mas sim poder oferecer evidência que o seu uso tópico na pele tem certos riscos associados

• Produz reações cutâneas como irritação, queimadura e/ou eritema local na zona de aplicação: Ainda que nem todas as pessoas tenham reações com o uso tópico de produtos com retinol, na verdade foram reportados diversos efeitos adversos em múltiplas pessoas, sobretudo no início da utilização destes produtos. 

Retinol efectos secundarios

Os principais efeitos adversos dos retinóides tópicos são a irritação local da pele, que pode aparecer na forma de eritema, descamação, secura, ardor e comichão. 

• Não é recomendado o seu uso durante a gravidez pelo seu potencial efeitoteratogénico: Um dos principais efeitos adversos associados ao retinol, é o seu efeito teratogénico. Todos os retinóides são considerados teratogénicos. Um teratógeno é um agente capaz de causar um defeito congénito durante a gravidez. Os embriões parecem ser os mais suscetíveis a este efeito teratogénico durante o primeiro trimestre de gravidez, em particular na quarta semana, quando as células da crista neural são mais vulneráveis. A este acrescentamos outro artigo científico que indica que a absorção percutânea do retinol é relevante, encontrando até 13% da quantidade aplicada na pele, no recetor de fluído ou corrente sanguínea após 72h de aplicação cutânea e como conclui o artigo referenciado, o uso tópico de retinol pode levar a absorção sistémica (imagem e link de referência científica abaixo). Isto indica que se relacionamos ambos os artigos, concluímos que é prudente e conservador evitar o uso de retinol durante a gravidez. 

Retinol efectos secundarios

Controversas: teratogenicidade (Capacidade potencial para produzir malformações ou defeitos congénitos). Todos os retinóides sistémicos são teratogénicos. Não existe uma dose mínima segura. 

Retinol efectos secundarios

Estudo acerca da absorção percutânea do Retinol. Indicando que os estudos revelam e demonstram que o Retinol permanece na pele após a sua aplicação durante várias horas e que penetra no organismo até cerca de 13% após 72h. 

• O Retinol tópico como fotomutagénico e potencialmente cancerígeno, vinculado o seu uso tópico em contacto com a luz solar , inclusive após a sua aplicação noturna. O retinol permanece na pele até cerca de 23% após 24h. 

Há suficiente evidência científica, com múltiplos artigos que destacam o efeito fotomutagénico do Retinol aplicado na pele, para não os ter em consideração e relevância. Isto significa que em contacto com a luz solar, o retinol é instável e produz espécies reativas de oxigénio que atacam o ADN das células e aumenta as probabilidades de ter cancro. Além disso, o seu uso noturno não está isento de risco, uma vez que há evidência que indica que o retinol se mantém na pele durante mais de 24h (cita o artigo: Quantidades relevantes de retinol, até cerca de 23%, permanecem na pele 24h após a sua aplicação cutânea e se reduzem a partir das 72h) (abaixo a captura e o link de referência). Isto indica-nos que não só apenas a aplicação noturna de retinol na pele, estaria isenta de risco fotomutagénico, uma vez que o retinol permanece na pele após 24h de aplicação. 

Retinol efectos secundarios

Retinol efectos secundarios

Os estudos fitoquímicos, demonstraram que os ésteres do retinol com luz ultravioleta, geram uma série de espécies reativas. Em consonância com o potencial de danificar o ADN, foi comprovado num sistema de prova in vitro que o palmitato de retinol é fotomutagénico.

Retinol efectos secundarios

O retinol permanece na pele cerca de 23% após 24h horas e 18% após 72h.

Ainda que possamos obter múltiplos benefícios do Retinol, a nossa recomendação é que os riscos associados ao seu uso tópico superam os potenciais benefícios se não se utilizarem sob um controlo dermatológico adequado. Além disso, todas as formas de retinol que podemos encontrar são de produção sintética, o que incorpora o risco a ter em conta que outros ingredientes e reações químicas tenham sido necessárias para sintetizar este ingrediente. No que se refere ao uso preferencial de ingredientes naturais na cosmética, é importante destacar que a densidade nutricional de um ativo natural é muito mais elevada que a de um ingrediente sintético, na verdade a maioria das vezes um ingrediente sintético é carente de aporte nutricional à pele, ao contrário, um ingrediente ativo natural incorpora múltiplos nutrientes em si mesmo, como vitaminas, minerais e oligoelementos que enriquecem a formulação e os benefícios colaterais aportados à pele. É como comparar os alimentos processados com os alimentos reais, a densidade nutricional adicional à composição em macronutrientes gera uma diferença abismal na qualidade nutricional. 

Entendendo os mecanismos de funcionamento do retinol e também os do envelhecimento do organismo, assim como as suas rotas metabólicas, podemos hoje em dia encontrar outros ativos de origem natural igual ou mais eficazes que o Retinol, mas sem efeitos adversos associados, e um deles é o  bakuchiol.

Bakuchiol

Bakuchiol: O Bakuchiol é um ingrediente natural, obtido da planta babchi que imita os efeitos do Retinol e ativa os mesmos recetores retinóides que da nossa pele, mas sem os seus efeitos secundários. 

Retinol efectos secundarios

Modulador da união de retinóides e da metabolização dos genes / Modulador  do gene de união dermoepidérmica.

Como se pode observar na imagem anterior, o Bakuchiol (azul) tem um perfil muito similar (retinol) nos mecanismos do seu metabolismo genético, o que significa em suma, que é um ingrediente que imita os efeitos do retinol. 

Por conseguinte, os benefícios que obtemos pelo uso tópico do bakuchiol, são os mesmos que o retinol, sendo adequado o seu uso durante a gravidez, sem reações cutâneas adversas e sem riscos na sua exposição com o sol. Aqui te indicamos uma tabela comparativa da avaliação do bakuchiol vs  retinol.  Ainda são necessários mais estudos, para chegar ao nível de estudo científico que já teve o retinol nas últimas décadas, no entanto os estudos realizados até agora, colocam o Bakuchiol como uma excelente alternativa ao Retinol. 

Retinol efectos secundarios

Retinol efectos secundarios

Aqui encontras um resumo dos benefícios do retinol e do bakuchiol.

Muitas vezes, recebemos petições para realizarmos o conteúdo informativo da Freshly menos técnico e mais simples, de fácil entendimento para todas as pessoas, e se é certo que o conteúdo técnico por vezes pode resultar difícil de compreender para muitas pessoas, também é certo e sabido que é algo que a médio prazo nos enriquece pessoalmente. É possível que a primeira vez que oiças falar de alguns conceitos te possam ser difíceis de entender, contudo à medida que vais ouvindo, acabas por compreendê- los e relacioná-los (Conectando os pontos, como dizia Steve Jobs). O conhecimento e a aprendizagem são poder, poder como pessoa para escolher com maior critério as decisões na vida. É por isso que não se devem preocupar, se num artigo, apenas entenderem 20% dele, os outros 80% vão entendê-los com o tempo. Ao mesmo tempo, conseguimos que aqueles que anseiam conhecimento técnico também desfrutem deste conteúdo. 

Esperamos que tenham gostado do artigo, deixem os vossos comentários abaixo. Adoramos ler tudo o que vocês comentam! Neste momento a Freshly, não tem nenhum produto que incorpore Bakuchiol, por isso lançamos a pergunta! Gostavam que em futuros lançamentos este ativo fosse incorporado? 

E já que estamos em modo desafio! Que outros conteúdos gostariam que fossem publicados? Somos todo ouvidos! 

Na Freshly Cosmetics criamos produtos cosméticos (+99% de ingredientes de origem natural, sustentável e vegana) assentes no nosso conhecimento científico. A nossa visão é mudar a perceção das pessoas sobre o importante efeito que tem a cosmética na pele e no organismo. Somos entusiastas científicos, que procuram no conhecimento aplicado, uma forma de ajudar as pessoas a viver mais conscientemente Contamos com a tua companhia nesta viagem? Subscreve a nossa newsletter para receberes mais artigos como este, e descobrir como o conhecimento aplicado te permite melhorar como pessoa dia-a-dia. 

Referências

Topical retinoids in acne – an evidence-based overview

Cytotoxicity and mutagenicity of retinol with ultraviolet A irradiation in mouse lymphoma cells

Photodecomposition of Vitamin A and Photobiological Implications for the Skin

Vitamin A: History, Current Uses, and Controversies

O que você achou? Vamos adorar ler você!


COMENTÁRIOS

  • Andreia Matoso

    24 Janeiro 2022

    Pele desidratada

    Estou com a pele desidratada e sem luminosidade.

    Freshly el 24 Janeiro 2022 Olá Andreia! :D Obrigada por nos deixar seu comentário! Temos produtos que podemos lhe recomendar para ajudar a melhorar a qualidade da pele tanto em relação à desidratação e a luminosidade! Para a rotina da noite, o Omega Rich que aumenta a elasticidade da pele em 66%, a hidratação em 130% e reforça a barreira cutânea em 23%, após 28 dias de utilização, graças à salicórnia complex, ao glicogénio vegetal e ao Smart Hyaluronic Acid Capsules, que contém um sistema de entrega de ativos de ácido hialurónico vegetal, que permite uma maior penetração e hidratação da pele. E em breve, lançaremos um sérum com Bakuchiol que poderá usar em sua rotina da manhã que aportará inúmeros benefícios à sua pele. :D

  • Ana Gonçalves

    20 Janeiro 2022

    Interessada se pelo menos 1%

    Já utilizo produtos com bakuchiol de outras marcas e gostaria de experimentar uma fórmula da Freshly. Queria também acrescentar que, segundo alguns estudos, a fórmula deve conter pelo menos 1% de bakuchiol e ser aplicada de manhã e à noite para ter eficácia.

    Freshly el 20 Janeiro 2022 Olá Ana, muito obrigada por seu comentário! :D Estamos a desenvolver um produto que contenha bakuchiol que seja eficaz e traga os resultados esperados para a pele! Esperamos que te encantes! :D

  • Inês Machado

    20 Janeiro 2022

    Ter informação baseada na ciência é essencial

    Já experimentei vários produtos para a minha pele, que é uma pele com rosácea e bastante sensível. Neste momento tendo 60 anos, começam a aparecer as rugas e a ter menos firmeza. Claro que se há evidência científica de que o Bakuchiol, tem menos efeitos adversos e o efeito é similar, só posso dar força para que sejam inovadores.

    Freshly el 20 Janeiro 2022 Olá Inês, muito obrigada pelo vosso comentário! :D Temos um pack específico para peles com rosáceas com produtos aptos para peles sensíveis. Estamos certos que te encantarás! :D Beijinhos

  • Catarina Araujo

    9 Janeiro 2022

    Muito informativo

    Gostei muito deste post, explica bem os conceitos e gosto do facto de estar do início ao fim baseado em evidência científica. Acho que faz muita falta um produto vosso com bakuchiol. Já uso os vossos produtos há quase 1 ano e apesar de gostar imenso sinto que não me afetam as rugas nem me dão a elasticidade à pele que procurava e portanto optei comprar um retinol noutra marca para combinar com os vossos produtos.

    Freshly el 9 Janeiro 2022 Olá Catarina, ficamos imensamente felizes em saber que tenha gostado do conteúdo! :D Estamos a desenvolver um novo produto que contenha o bakuchiol como um dos ingredientes! Acompanhe as novidades em nossa Newsletter e redes sociais! Teremos novidade em breve! Beijinhos